4 Amigos    Júlia    Pedro    Carlos    André             Lêda Maya

 

  "Pensar sem aprender nos torna caprichosos, e aprender sem
pensar é um desastre."

Confúcio (552-479 aC)

 


Júlia


O que Júlia mais gosta de fazer é ficar tendo idéias, e uma atrás da outra, principalmente sentada na escrivaninha do seu quarto, perto da janela. Entre um cafuné no seu gato Janjão, uma mordida no seu lápis e uma espiada para a torre do castelo, lá embaixo da sua rua, se deixa vagar em seus pensamentos. Vai caprichando uma idéia mais delicada, avaliando outra não tão interessante, eliminando uma praticamente desnecessária, reavaliando uma quarta promissora, até que vê surgir, daquela coleção de idéias, a idéia maior. Ela surge para Júlia tão firme, tão soberba, tão magistral que toda a vontade de Júlia se rende a ela, e, como que hipnotizada, sai de casa com o firme propósito de transformá-la numa palpável realidade.

 
 
copyright © 2007  - www.ledamaya.com.br | Todos os direitos reservados.                                                                                        design: Eduardo Passos